[Resenha] Stalker

STALKER

Autora: Tarryn Fisher | Ano: 2018 | Páginas: 256
Editora: Faro Editorial | Skoob


Olá!!

Hoje venho com a resenha de Stalker, da Tarryn Fisher. Eu estava bem curiosa por essa leitura, que chamou minha atenção pelo fato de não ser uma história qualquer, e sim uma situação que aconteceu com a autora.

A história começa sob o ponto de vista de Fig Coxbury, ela perdeu seu bebê e o grande sonho de ser mãe. Seu casamento é abalado e tudo a afeta de modo profundo. Quando ela vê Mercy, uma garotinha linda, acredita piamente que esta é a reencarnação de sua filha.

Jolene é mãe de Mercy, ela é escritora e casada com Darius, um psicólogo. Uma família aparentemente normal e perfeita, que se torna alvo de Fig.

Fig se muda para casa ao lado dos Avery e logo se aproxima da família. A partir de então, ela começa a copiar e querer tudo de Jolene - cabelo, perfume, objetos, Mercy e Darius... Jolene é a doença e obsessão de Fig, que marca, a cada dia, mais e mais território, manipulando e jogando com todos. Por um único objetivo: ser Jolene.


Ver você conseguir as coisas sem merecer, e ainda por cima se esbaldar com elas, é um horror. Isso me revolta. Quem deveria tê-las sou eu, pois mereço muito mais que você. Na verdade, eu poderia ser uma versão sua melhorada (...).

Na segunda parte do livro temos o ponto de vista de Darius, que desde o início, como psicólogo, vê que há algo de errado em Fig. Ele passa a analisá-la e tenta avisar a esposa. Não tendo efeito, resolve manter um relacionamento minimamente amigável com a vizinha e paro por aqui.



Na terceira parte é a vez de conhecer os sentimentos de Jolene. Ela não consegue enxergar o perigo. Sempre disposta a estender a mão para quem precisa, não pensa que o ser humano pode ser muito cruel. Porém, nessa parte vamos perceber também, que ninguém é perfeito, e todos temos nossos próprios demônios.


(...)Quando a gente vive no interior da própria cabeça o tempo todo, as coisas se distorcem.

O livro começa com Fig obcecada por Mercy, já que perdeu seu bebê e vê na menininha sua própria filha, tanto que ela chega a citar que Mercy tem a cor do seu cabelo e não de Jolene. No entanto, essa parte acaba sendo deixada de lado, até que se torna inexistente e isso me incomodou um pouco. Mas durante a leitura pude ver, ainda mais por se tratar de uma história real, que a mente insana é tão doida que não há explicações cabíveis em seus atos. E posso dizer que o desenvolvimento dos personagens e o aprofundamento na mente deles foi ponto alto na leitura.

A primeira parte do livro dá uma amornada em determinado ponto, que cheguei a cansar da Fig, acho que aqui o que contribuiu foi o fato de não criar qualquer empatia pela personagem, pelo contrário. Mas na segunda, quando Darius nos dá mais informações e mais fatos, eu me surpreendi e fiquei totalmente presa à leitura. Vinha mais por ai.



Como é um livro baseado em fatos reais, não dá pra saber até onde é real e onde entra a ficção, ou se tudo é  real, mas posso dizer que é assustador demais. Fiquei imaginando o que faria em uma situação como essa.


Eu posso fazer com que você se torne parte de algo bonito e grandioso e ainda assim retratar fielmente a feiura que você representa.
Por ter três narradores com aspectos bem diferentes da história e uma mudança de rumo, isso pode incomodar um pouco, mas pode ser proposital, para o leitor entender que nem tudo é o que parece. 

Stalker foi uma leitura perturbadora e instigante para mim. Recomendo para aqueles que sentem curiosidade na mente humana, principalmente de pessoas sem um mínimo de pudor, ética ou remorso. Onde o limite não existe.

Por fim, quero elogiar a editora pela edição belíssima. Perfeita!





5 comentários

  1. Nossa Fernanda, eu recebi esse livro quando assinava a TAG inéditos, mas estou querendo comprar esse com essa capa porque eu o vi em um vídeo no youtube e ele é lindo por dentro. Sem falar na história que a cada resenha que leio, fico mais curioso ainda. Acho que irei encaixá-lo nas minhas leituras do mês que vem, mesmo lendo o da TAG, depois compro essa versão da Faro. Adorei sua resenha,muito bem colocada e pontuada. Parabéns, arrasou!!!

    ResponderExcluir
  2. Bastante curioso esse livro :))

    Hoje:-Sigo os trilhos de uma linha infindável.

    Bjos
    Votos de uma óptima Terça - Feira.

    ResponderExcluir
  3. eu vi muita gente falando desse livro, ele me lembrou a vibe daquele You sabe? E como eu gostei bastante do livro, acho que tem tudo pra eu gostar desse livro também.
    Adorei muito a sua resenha e suas fotos tão impecaveis. <3

    ResponderExcluir
  4. Amei as fotos e a resenha. Saber que o livro é baseado em fatos reais só aumentou a minha curiosidade pela leitura.

    Obg pela dica💋💕

    ResponderExcluir
  5. Eu nao sabia que o livro era baseado em fatos reais ! Que premissa impactante, já estou super curiosa para conhecer essa história.

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!