14 setembro 2018

[Resenha] A Garota do Lago

A GAROTA DO LAGO

Autor: Charlie Donlea | Ano: 2017 | Páginas: 296
Editora: Faro Editorial | Adicione ao Skoob



Olá, queridos!

Desde quando li Deixada para Trás (resenha aqui), fiquei tentada a ler outro livro de Charlie Donlea, de tanto que gostei.

Tão logo foi possível iniciei a leitura de A Garota do Lago, que hoje venho dividir aqui com vocês. 

O livro inicia-se com o assassinato cruel de Rebecca Eckerley, na pequena cidade de Summit Lake. Becca, filha de um advogado muito importante, é violentada e brutalmente assassinada. De família tradicional, sempre se mostrou uma garota estudiosa e de conduta inquestionável, não tinha nada que justificasse tanto requinte de crueldade e frieza por seu assassino.


“Ferida e sangrando, Becca ficou ali, desfalecida, acordando cada vez que ele a maltratava em ondas coléricas, violentas. A impressão foi de que se passou uma eternidade antes de o homem decidir abandoná-la. Antes de ele escapar pela porta corrediça de vidro da sala, largando-a aberta e deixando que o ar frio da noite penetrasse pelo recinto e atingisse o seu corpo despido.”


Becca era estudante de direito e para se preparar para as provas finais de sua pós-graduação vai para casa do lago de sua família. Além disso, a garota sofre com um segredo, o qual a tem deixado bastante tensa nos últimos tempos e essa temporada na casa, é também, para falar com seus pais e tirar todo peso que sente.




O que acontece é que, logo após o crime, informações que poderiam ajudar na solução do caso são barradas pelos próprios pais de Becca, provas começam a ser encobertas e o delegado responsável pelo caso é afastado.

Nesse ínterim, o dono de uma famosa revista, manda a jornalista Kelsey Castle para Summit Lake. A moça estava afastada após uma experiência traumática e seu chefe queria apenas distraí-la, sem pensar que enviava Kelsey para o que seria uma grande investigação em busca de respostas, ela sente uma ligação pessoal com o crime e vai fazer de tudo para descobrir toda verdade.



Durante a história vamos conhecer o que aconteceu na vida de Becca em meses anteriores a sua morte, e assim vamos descobrir alguns de seus segredos. Com isso o autor, mais uma vez, recorre a narração entre o passado e o momento presente. Sendo que, o passado é contado sob o ponto de vista de Becca e o presente por Kelsey.


"No último ano, Becca guardara muitos segredos - e aquele era o maior e o mais insensato de todos. Os outros podiam ser atribuídos à juventude, à inexperiência. No entanto, esconder essa última parte de sua existência era pura imaturidade, explicada apenas pelo medo e pela ingenuidade."


Como disse no início da resenha fiquei ansiosa pela leitura de A Garota do Lago pelo tanto que gostei de Deixada para Trás, do mesmo autor, porém, confesso que não atendeu as minhas expectativas. Não que seja um péssimo livro, calma que já vou explicar.

A proposta da história é bastante interessante e eu fiquei presa à leitura, não posso negar esse fato, porém considerei algumas falhas durante a história por isso não dei 5 estrelas.



Logo no início da trama temos a cena da morte de Becca, onde claro, não é revelado o assassino e, no final, temos novamente essa cena, já com a identidade do assassino, é ai que teve coisa que não consegui engolir muito. Não posso falar para não dar spoiller, mas achei que houve uma falha do autor nesse ponto.

Outro detalhe que não me agradou muito foi referente ao trauma passado por Kelsey, ficou meio em aberto. E como durante a história é justamente por esse fato que ela se vê tão ligada ao caso de Becca, que achei que poderia ter tido uma exploração maior nesse passado da jornalista.


"Dizem que não é o crime que abala as pessoas. Você sabe disso? [...] É esconder a verdade."


Enfim, esses foram alguns pontos que não me agradou, mas nada que atrapalhe a experiência literária. É uma boa história, que fala de amor e ódio, amizades e com segredos que podem destruir uma vida. Apesar do furo no final, eu me emocionei e fiquei bastante chocada com os fatos.

Em suma, eu gostei da leitura e mais ainda por esse ser o primeiro livro de Charlie Donlea, ou seja, houve uma grande evolução na escrita do autor para a segunda obra e isso é muito bom. Que venham mais thrillers!

E vocês? Já leram? O que acharam?

Beijos e até a próxima,



3 comentários:

  1. Um livro bastante curioso :))

    Hoje » Amplexos de amor

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta-Feira

    ResponderExcluir
  2. Estou assistindo o
    filme e vou ler o livro a seguir
    com certeza.
    Suas sugestões são sempre bem vindas.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  3. Oii Fê.
    Eu pretendo ler tanto esse livro quanto deixada para trás. O que me motiva são os porquês da obra e admito que fico abalada em saber que ele tem tantas falhas. Espero gostar.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo