23 dezembro 2017

[Resenha] Um Cântico de Natal


UM CÂNTICO DE NATAL
Autor: Charles Dickens
Editora: Landmark
Ano: 2010
Páginas: 144
Skoob


Sinopse: UM CÂNTICO DE NATAL tem como protagonista Ebenezer Scrooge, um pão-duro, proprietário de uma casa de contabilidade e empregador do pobre Bob Cratchit, seu escriturário. Scrooge evita fazer quaisquer gastos, tanto que no inverno, à época do Natal, o escritório é aquecido apenas por uma pequena lareira. Para Scrooge, isso não é um problema, uma vez que a sua frieza interior é constante, e o conforto de outras pessoas para ele não é importante.Na véspera de Natal, Scrooge, sozinho e renegando qualquer companhia, recebe a visita do espírito de seu sócio, Jacob Marley, que lhe confidencia que um destino igual ao dele estará reservado a Scrooge se o mesmo não se redimir de seu comportamento. Para tal, três fantasmas virão lhe visitar e trarão a oportunidade para que ele reflita sobre sua condição e através da mudança de hábitos limpar sua consciência.





Olá, pessoal!!

Hoje venho com uma resenha especial de Natal, uma história que já foi adaptada para o cinema, por isso acho que muitos já a conhecem, e que, apesar de ser curtinha, traz uma mensagem muito bonita para a época.



“Um cântico de Natal” é a história do rabugento e avarento Scrooge. Ele tem um escritório em Londres e só pensa em trabalhar e ganhar dinheiro; é mal humorado e detesta a companhia das pessoas. Como detesta o Natal, não pensa em dar folga ao seu funcionário Bob, nesse dia, por não ver motivos para tanto.

"— Não fique tão mal-humorado tio!
— E como eu deveria ficar? O que é o Natal além de uma data em que estamos sempre um ano mais velhos e nem um pouquinho mais ricos? Se dependesse de mim, cada imbecil que aparecesse com essa história de Feliz Natal seria preparado em uma panela junto com a ceia e enterrado com uma estaca de árvore de Natal cravada em seu coração. É assim que penso."

Na noite de Natal, ao voltar pra casa depois do expediente, Scrooge encontra o espírito de seu ex-sócio, que era tão mau e avarento quanto ele. Jacob Marley, como não encontra paz no túmulo, resolve salvar a alma de Scrooge.



Portanto, Scrooge vai receber a visita de três espíritos: passado, presente e futuro, para aprender a ser mais generoso.

"- Há pessoas neste teu planeta - replicou o Espirito - que afirmam conhecer-nos e que praticam atos violentos, de orgulho, má vontade, inveja, sectarismo o egoismo em nosso nome. Mas, são-nos tão estranhos, a nós e a outros seres como nós, como se nunca tivessem existido. Lembra-te disso e atribui a eles e não a nós esses atos." 

“Um Cântico de Natal” é um clássico de Charles Dickens e uma linda história natalina, que já foi adaptada diversas vezes para o teatro, cinema e TV. Uma história para ler, reler e assistir, quantas vezes for, que você sempre vai amar.



Eu ,até então, só havia assistido ao filme; agora resolvi ler o livro e me encantei com essa bela fábula natalina.

Recomendo muito!!!!

E que “Deus abençoe a todos.” Se você ler entenderá a referência.

Tenham todos um Feliz Natal!!

Beijos!


Um comentário:

  1. Amei sua resenha,eu gosto muito desse filme não sabia que tinha um livro sobre ele,te convido para conhecer meu blog.
    Parabés pelo seu blog incrivel, BJS!!!

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo