#12MesesComClarice2019 | Obsessão

Olá!!

Vamos de Clarice?

O conto de hoje é "Obsessão", o segundo de Clarice na seção Primeiras Histórias.




"Agora que já vivi o meu caso, posso rememorá-lo com mais serenidade. Não tentarei fazer-me perdoar. Tentarei não acusar. Aconteceu simplesmente."


Neste conto encontramos a história de formação de Cristina, nossa narradora. Com uma infância comum a qualquer criança, tão logo se vê moça casa-se com Jaime. Logo casada, encontra-se no papel de esposa e sente a monotonia tomar conta de sua vida.

Cristina passa a observar a vida com seu marido, seus amigos e as conversas que nunca a incluíam, ela simplesmente era a mulher de um homem. E não era esse papel que ela desejava.

Mais entediada do que nunca, Cristina contrai febre tifóide e fica muito debilitada, só que mesmo depois de recuperada, ela continua se fazendo de adoentada para receber as atenções que ansiava. Vendo a esposa nesse estado, Jaime a leva para um hotel de descanso em Belo Horizonte, os ares a ajudariam em sua recuperação. Lá, Cristina conhece Daniel.

Daniel é uma alma livre, um revolucionário, um filósofo e logo chama a atenção de Cristina. A indiferença inicial passa e Daniel começa a "doutrinar" a moça.

No entanto era a verdade. Eu, tão simples e primitiva, que jamais desejava qualquer coisa com intensidade. Eu, inconsciente e alegre, "porque possuía um corpo alegre"... De repente despertava: que vida escura tivera até então. Agora... Agora eu renascia. Vivamente, na dor, nessa dor que dormia quieta e cega no fundo de mim mesma.

A partir daí muitas coisas acontecem, mas não vou falar mais para não estragar o conto.




Neste conto vamos encontrar uma mulher que insatisfeita diante de sua vida e de seu casamento acaba se envolvendo com outro homem e isto para ela é como se fosse uma libertação do que até então a oprimia.

O fluxo de consciência da personagem é claro no conto. Cristina vê tudo que ela gostaria para si em Daniel. Ele, dono de si, e mesmo não sendo compreendido pelas pessoas, sabe se impor e isso chama a atenção da mulher. Daniel, em seu modo, consegue se sobressair aos outros.

Esse é um conto mais longo e considerei até certo prolongamento por parte da autora, em tão pouco para contar. Porém não deixa de ser um conto pesado e reflexivo, pois é certo que para haver uma transformação naquilo que você não gosta, é preciso libertar-se do eu anterior. E será que Cristina consegue?



CLARICE LISPECTOR - Todos os Contos

Editora: Rocco

Ano: 2016

Páginas: 656



Autora de romances e contos que figuram entre os mais emblemáticos da literatura brasileira, Clarice Lispector é considerada uma das mais importantes escritoras do século XX. Sua popularidade alcançou níveis surpreendentes nas últimas décadas, especialmente após o fenômeno da internet, mas sua figura e sua obra seguem exercendo sobre leitores o mesmo e fascinante estranhamento que causaram desde sua estreia literária, em 1943. Nesta coletânea, que reúne pela primeira vez todos os contos da autora num único volume, organizado pelo biógrafo Benjamin Moser, é possível conhecer Clarice por inteiro, desde os primeiros escritos, ainda na adolescência, até as últimas linhas. Essencial para estudantes e pesquisadores, para fãs de Clarice Lispector e iniciantes na obra da escritora, Todos os contos foi lançado nos Estados Unidos em 2015, figurando na lista de livros mais importantes do ano do jornal The New York Times e ganhou importantes prêmios, como o Pen Translation Prize, de melhor tradução. Agora é a vez de os leitores brasileiros (re)descobrirem por completo esta contista prolífica e singular.





Não deixem de passar nos outros blogs participantes do projeto e conferir as opiniões.


4 comentários

  1. Imperdoável uma mulher se envolver com outro homem estando casada e junto do marido. Quer estar com outro homem, separa-se, divorcia-se, ou qualquer coisa do género, e então sim, tem as aventuras que entenda ter. Agora pôr os chifres ao marido, estando junta dele, não tem perdão.
    .
    Cumprimentos
    .
    ** Pelo teu beijo me deixava morrer **

    ResponderExcluir
  2. Amiga do céu! Que resenha, que apresentação! Estou apaixonada! Aliás, como sempre fico com seu trabalho!
    Essa é uma história que Clarice retratou muito bem sobre muitos casos que de fato ocorrem, não ? A dúvida, a incerteza, ou talvez o comodismo, não sei... medo de mudanças... E Cristina, para variar, é uma mulher que rompe com suas barreiras e conceitos! Amo isso na escrita de Clarice!
    Parabéns pelo belíssimo post! Orgulho dessa parceria!
    Ah, espero que goste da minha parte no projeto! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá Fê, tudo bem? Eu já disse algumas vezes que estou amando esse projeto, infelizmente não posso participar dele por enquanto. A melhor parte de acompanhar um projeto onde várias pessoas estão participando é, poder comparar as opiniões e resenhas que estão fazendo e, mesmo que tenha escrito de maneiras diferentes, percebi que as opiniões até agora estão bem parecidas.
    Esse conto me lembrou muito a história do livro O Primo Basilio que, apesar de ter uma esposa infiel, possui muitos outros acontecimentos e não possui Fluxo de consciência. Bom, espero conseguir continuar acompanhando suas opiniões!

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!