11 outubro 2018

[Resenha] Os Condenados

OS CONDENADOS

Autor: Andrew Pyper | Ano: 2016 | Páginas: 336
Editora: DarkSide Books | Adicionar ao Skoob



Olá, pessoal!!

A resenha de hoje é sobre o livro Os Condenados, de Andrew Pyper. Este estava há muito tempo entre minhas metas de leituras e hoje finalmente trago aqui para vocês.

Há mais de vinte anos Danny Orchard passou por uma experiência de quase-morte em um incêndio, no qual sua irmã gêmea, Ashleigh, não teve a mesma sorte. 

Danny transformou sua tragédia em um livro de grande sucesso e se tornou um escritor muito conhecido, mas mesmo assim não conseguiu superar a morte da irmã. Ashleigh não estava disposta a lhe dar paz, perseguindo e assombrando o irmão em todos os lugares. 

"Não fiquei de luto por Ash, mas sentia sua ausência o tempo todo. Para mim parecia impossível de que ela não estivesse mais lá, que pudesse fazer algo tão humano quanto morrer e nunca mais voltar. E era realmente impossível. Porque ela voltou." 

Mesmo depois de morta, Ash ainda é uma garota maldosa e vingativa, e agora, que seu irmão tenta levar uma vida normal, ela se torna mais e mais possessiva. Danny até se acostuma com a presença da irmã e a solidão, mas a partir do momento em que Willa e seu filho Eddie entram em sua vida, as coisas pioram e Ash está disposta a tirá-los de seu caminho a qualquer custo.



Mas o que prende Ash a Danny? O mistério está desde o momento do nascimento dos dois e agora Danny precisa saber o que ocorreu para tentar se livrar do assombro da irmã.

"São as pessoas que prendem você ao Paraíso ou ao Inferno, ou seja, lá qual for o seu destino. Elas são as âncoras."

Andrew Pyper é autor de O Demologista, também lançado pela editora DarkSide. Aqui o autor deixa de lados os demônios e mergulha no espiritual com uma boa dose de suspense. Não digo que o livro possa ser considerado de terror, não senti isso durante a leitura, mas o ambiente sombrio e sobrenatural está presente em toda a história.

Ash é uma personagem um tanto intrigante, desde muito cedo já apresentava traços de maldade e devido a isso sua família sentia-se amedrontada e a rejeitava de alguma forma. As coisas só pioraram com o tempo e após sua morte passou a assombrar o irmão. Nesse cenário o suspense psicológico é bem trabalhado pelo autor e a leitura prende o leitor do início ao fim.



“Os Condenados” fala sobre vida após a morte, assuntos inacabados, feridas perpétuas, a natureza humana nua e crua, os mistérios da vida e a tênue linha que separa o céu do inferno.

"Fantasmas são os mortos que conseguem se fazer visíveis, mas basta você ver que não podem fazer nada que eles perdem seu poder. No entanto, eu estava errado."

A narrativa feita em primeira pessoa, por Danny, flui e é rápida, no entanto não é corrida, Andrew conta a história no tempo certo. O sobrenatural é muito bem trabalhado como os personagens, um homem em sua batalha pessoal com seus próprios demônios, os acontecimentos seguem a coerência e o final é bem fechado. Não é um livro pra causar medo, mas prende o fôlego e instiga.

A Edição está linda, a capa com excelente acabamento, possui uma textura áspera e detalhes muito bem feitos. Não encontrei nenhum erro durante a leitura, perfeito!

Recomendo para os fãs do gênero e para aqueles que gostariam de se aventurar na leitura, vale muito a pena!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo