24 agosto 2018

[Sessão Pipoca] A Caçada ao Outubro Vermelho



Olá pessoal!

Mais uma vez estamos trazendo uma dica de filme, e muito bacana. 

A Caçada ao Outubro Vermelho, lançado em 1990, é um clássico do cinema que traz em seu elenco nomes do peso de Sean Connery e Alec Baldwin, num roteiro baseado no livro de Tom Clancy. 

Sean Connery interpreta Marko Ramius, capitão do mais moderno submarino soviético (Outubro Vermelho). Ele sai em missão de treinamento, mas burla as ordens pré-estabelecidas formalmente. 



Marko altera a rota do submarino, o que causa estranhamento à sua tripulação que vê diversos riscos atrelados às novas coordenadas. No entanto o capitão é a autoridade máxima da embarcação e suas ordens não devem ser contestadas. 

O alto comando soviético logo percebe que seu principal submarino deixou de seguir as instruções estabelecidas e passa a monitorá-lo e persegui-lo. O problema disso tudo é que o Outubro Vermelho já avançava para águas norte-americanas, mobilizando também as forças da marinha dos Estados Unidos pelo temor de um ataque soviético à sua nação. 

Concomitante a todos esses fatos, o agente da CIA Jack Ryan (Alec Baldwin) passa a analisar a situação sob uma perspectiva diferente. Por ser um escritor e estudioso dos assuntos de guerra ele já conhecia, de uma certa forma, as credenciais e o caráter de Mark Ramius, e desde o começo duvidou que este estivesse planejando atacar os EUA. Sua primeira teoria era de que se tratava de uma deserção. 



A trama se torna ainda mais tensa quando o USS Dallas acaba identificando o Outubro Vermelho, e manifesta a intenção de afunda-lo. Jack Ryan pede para ser embarcado no submarino americano, para tentar convencer seu capitão de que não se trata de um início de conflito. 

Seguem-se manobras, conflitos diplomáticos e uma guerra de nervos em busca da verdade e de um desfecho para uma situação totalmente inusitada. 



O filme é tenso e nos prende do início ao fim. A atuação de Connery é impecável; seu tom rígido, frio e destemido denota as qualidades de um profissional que comanda de maneira cirúrgica uma máquina destemida e complexa. 

Alec Baldwin também não faz por menos. Demonstra coragem e sensatez, necessárias ao seu personagem. Ryan não é um agente de campo e por isso não possui os atributos para atuar num cenário de crise, mesmo assim se joga naquela situação para evitar um mal maior. 

Não tem como não assistir a essa super trama; e também matar a saudade do grande Sean Connery e sua atuação. É um thriller tenso, imperdível; numa fluidez muito boa e com a intensidade de ação crescente. 

Não deixem de assistir! Valeu?


Sinopse:
O ano é 1984. O alto comando soviético acredita na possibilidade de deserção quando o capitão Markus Ramius (Sean Connery), o comandante do Outubro Vermelho, o mais moderno submarino russo, desobedece ordens superiores e navega em direção à América. Diante deste quadro outros submarinos soviéticos recebem ordem de afundar o Outubro Vermelho e os americanos decidem fazer o mesmo, pois temem um ataque contra seu território. Até que Jack Ryan (Alec Baldwin), um agente da CIA que admira Markus Ramius, tenta impedir que soviéticos e americanos dêem prosseguimento a este ataque.



Ficha Técnica:
Duração 2h 15min
Direção: John McTiernan
Elenco: Alec Baldwin, Sean Connery, Scott Glenn
Ano: 1990
Gêneros Aventura, Ação
Nacionalidade EUA




4 comentários:

  1. desconheço o filme, mas parece ser interessante :))

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta-Feira

    ResponderExcluir
  2. Oi Junior
    Não assisti este filme ainda, mas está na minha lista, pois gosto muito destes atores
    O post ficou ótimo!
    Dica anotada
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Não sei por qual motivo, mas ainda não assisti esse clássico. Seu post foi ótimo pra me trazer esse filme à memória, lembro que quando lançado fez muito sucesso. Adoro filmes de suspense, que deixam a adrenalina a mil, além de adorar o Sean Connery, então a dica já está anotadíssima!

    ResponderExcluir
  4. Ah, esse filme... só em ter Sean Connery na tramajá vale a pena ver e a trama prioriza a ação como poucos e adoro como como o diretor posicionou a câmera em cena, nos colocando no meio da ação. Maravilhoso.

    bacio

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo