26 agosto 2018

[Resenha] Leve-me Com Você

LEVE-ME COM VOCÊ

Autora: Catherine Ryan Hyde | Ano: 2018 | Páginas: 336
Editora: DarkSide Books | Adicione ao Skoob


Sabe aquela leitura forte, carregada de sentimentos e ao mesmo tempo sensível, que aquece ao coração? Assim é Leve-me com você, de Catherine Ryan Hyde.

August é um professor de ciências do ensino médio, divorciado e solitário. Tendo por seu único companheiro o cachorrinho Woody. Alcoólatra em recuperação e lidando com um complicado luto pela perda de seu único filho, ele planeja levar as cinzas do rapaz até Yellowstone. Um local onde ambos queriam conhecer.

O que August não poderia imaginar era o quanto sua vida mudaria nessa viagem. O trailer quebra no meio do caminho, o que pode por água abaixo todo planejamento. No entanto, o mecânico oferece um serviço gratuito para o professor, com  uma condição, que seria levar seus filhos, Seth e Henry, na viagem, pois ele estaria preso e os meninos não teriam com quem ficar nesse período.


"Eles o lembravam uma criança sozinha em uma plataforma de trem na época da guerra, esperando que um estranho qualquer os transportasse para a segurança. Esperando o resgate, apesar de os pais terem ficado para trás. Não que algum dia tivesse visto essa cena. Mesmo assim."


Diante de um pedido estranho e inusitado, August só pensa em negar, mas quando dá por si, ele embarca nessa aventura com os meninos.

Seth e Henry possuem personalidades distintas, enquanto o mais velho, com doze anos, carrega o mundo nas costas e se culpa pelas coisas. Henry, o mais novo, é calado e só fala algumas poucas palavras com o irmão. São crianças cheias de problemas com o pai.


A partir daí, uma história road trip começa a ser contada e mesmo que indiretamente, um acaba ajudando o outro!

Luto, alcoolismo, negligência familiar, solidão e perdão, são alguns dos temas abordados nessa história que deixa o leitor entregue desde as primeiras páginas. A narrativa é bastante envolvente, sensível e flui com rapidez.


"Todo mundo anda por aí perdendo as melhores coisas por não querer que nada de ruim aconteça. Mas, quando uma coisa ruim tem que acontecer, simplesmente acontece. De qualquer jeito. Por mais que você tome cuidado."


Os personagens são bem desenvolvidos e muito reais, passam por problemas que pode ser de qualquer um. Enquanto os meninos precisam de uma figura paterna, August é um pai devastado pela perda de seu único filho. A carga emocional é tremenda!




Durante a road trip, a autora descreve muito do trajeto e dos lugares visitados. Essa parte para alguns pode ser um pouco cansativa, mas para aqueles que apreciam narrativas turísticas, vão ficar fascinados com as belezas. Mas, no geral, não considerei a viagem em si de muita importância para a história, e sim, a interação entre os personagens, a jornada de amadurecimento e as descobertas de cada um deles.


“O que você sente é o que você sente, e, por mais que pense que devia sentir outras coisas, não pode mudar seus sentimentos. Tem coisas na vida que podemos mudar e outras que não.”


O alcoolismo é o tema mais abordado na trama, devido a como afetou e afeta a cada um dos três de formas diferentes e profundas. Personagens improváveis, mas que, com a convivência e a troca de experiências, criam laços  de amizade, carinho e dedicação.




Leve-me com Você é daquelas histórias que nos fazem refletir sobre nossos relacionamentos, sobre a família, as amizades e a superação dos momentos difíceis. 

E ainda, que família independe de laços sanguíneos, o amor floresce onde há uma genuína cumplicidade, um simples ato de carinho e dedicação e principalmente, onde há o respeito. 

E o que dizer dessa edição? Maravilhosa!!!! A capa, em tons de verde e lilás é um show. A lombada é verde, dando outro toque lindo. E a diagramação está perfeita! 

Uma leitura emocionante que eu recomendo para todos!



7 comentários:

  1. Oi Fê
    Estou doida para ler este livro!
    Precisamos conversar sobre ele
    Adorei seu post e suas fotos, você arrasa sempre!! Parabéns
    Bjks mil

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um bom livro, vou tentar encontrá-lo

    ResponderExcluir
  3. Ei! Tudo bem?

    Li, há um tempo, um conto com road trip, acho tãão legal. Fiquei muito interessada na história, sua resenha me mostrou diversos pontos que me levaram a pensar bastante na leitura. Gosto de livros com uma carga mais pesada, acho que darei uma chance me breve.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Realmente parece uma edição lindaaaa, e que emoção hein, muitos temas difíceis de lidar, mas que precisams er discutidos. Achei uma resenha tocante Fê!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Fê, amei demais a resenha. Parece ser uma história linda e tocante. Amo livros que apresentam viagens em suas histórias. Essa edição é realmente linda e agora fiquei ainda mais curiosa para conhecer.

    Bjokas da Elo!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Fê! Eu AMO histórias que aquecem o coração e despertam esse tipo de sentimento, o de fazer repensarmos sobre nossas ações. Engraçado que mesmo a princípio a premissa não sendo das que mais chamam a minha atenção, eu não conseguia parar de pensar nela. Quando as primeiras resenhas começaram a sair, eu me vi sedenta para ler esse livro. Você acaba de contribuir ainda mais para isso, então espero conseguir ler em breve. Amei a resenha, parabéns!

    Beijos,
    http://abducaoliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha eu estou interessada em ler esse livro, e pelo que você descreveu ele tem ótimos ensinamentos sobre questões da vida e eu amo livros assim. Bjs❤️

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo