21 junho 2018

[Especial Literário] Machado de Assis

Olá, leitores!!!

Hoje o escritor Machado de Assis estaria aniversariando e como sou fã incondicional de suas obras, achei mais que justo, o Especial Literário do mês, ser em sua homenagem!



Joaquim Maria Machado de Assis foi um escritor brasileiro, considerado por muitos críticos, estudiosos, escritores e leitores um dos maiores senão o maior nome da literatura do Brasil.

Machado de Assis, nasceu em 21 de junho de 1939. Era de família bastante pobre, neto de escravos alforriados e era epilético. Foi criado no Morro do Livramento, no Rio de Janeiro.


Perdeu a mãe bastante cedo e logo após, com apenas 12 anos, perdeu o pai também. Depois disso, mudou-se para o bairro de São Cristóvão, onde vendia doces e balas para ajudar nas despesas da casa.
Era autoditada e desde muito jovem foi fascinado por livrarias e tipografia, com isso foi ser aprendiz de tipógrafo na Tipografia Nacional. Com 16 anos, estreava com o poema "Ela", no jornal Maratona Fluminense.

Em 1859, passou a trabalhar no Correio Mercantil, onde era revisor de provas e com o convite de Quintino Bocaiuva, tornou-se redator do Diário do Rio de Janeiro, sendo promovido a Assistente de Diretor, em 1867.

“Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho, Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!”

Com 25 anos lançou o livro de poesias "Crisálidas" e um ano depois casou-se com Carolina Augusta Xavier de Novais, portuguesa.

Carolina, além de mulher e grande amor de Machado, foi sua enfermeira, pois o escritor encontrava-se muitas vezes doente.

Um ano após o casamento, estreou na ficção com os "Contos Fluminenses" e em 1872, publicou seu primeiro romance - "Ressurreição".

No ano de 1896, juntamente com outros intelectuais, fundou a Academia Brasileira de Letras. 

Muito doente, passou por um grande sofrimento com a morte de sua companheira, em 1904. Mesmo estando bastante debilitado,  em 1908, escreveu seu último romance - "Memorial de Aires".

No dia 29 de setembro, deste mesmo ano, vem a falecer, vítima de câncer.



Principais Obras:


Crisálidas (1864)
Contos Fluminenses (1870)
Falenas (1870)
Ressurreição (1872)
Histórias da Meia-noite (1873)
Mão e a Luva (1874)
Helena (1876)
Iaiá Garcia (1878)
Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881)
Papéis Avulsos (1882)
O Alienista (1882)
Quincas Borba (1891)
Dom Casmurro (1899)
Poesias Completas (1901)
Esaú e Jacó (1904)
Memorial de Aires (1908)





“Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram.”


E antes de finalizar o post, gostaria de deixar a indicação de um site do governo, bastante completo, sobre a vida e obra de Machado de Assis, o qual vale uma visita.




Beijos,



6 comentários:

  1. Nunca li nada Dele:)) Gostava.

    Hoje:- Podem até chegar tempestades

    Bjos
    Votos de uma óptima Quinta - Feira

    ResponderExcluir
  2. Bom dia. Publicação bastante interessante!Adorei

    Hoje:-Silenciavam-se nossos olhos comovidos. { BC- POETIZANDO}

    Bjos
    Votos de um óptimo Domingo

    ResponderExcluir
  3. Que bela homenagem a esse grande escritor. Parabéns 👏😊

    ResponderExcluir
  4. Um orgulho da nossa literatura. Um escritor que merece ser sempre reverenciado, um mestre. É difícil escolher apenas uma obra, mas fico com Memórias Póstumas de Brás Cubas como a minha preferida.

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito de Machado de Assis e lamento que ele não seja tão reconhecido quanto deveria. Meu primeiro contato com a obra dele foi "Memórias Póstumas de Brás Cubas". Lembro que sofri horrores para ler, porque não é uma obra fácil, ainda mais considerando que eu li obrigada porque era uma leitura para o vestibular. Mas eu gostei da história e um tempo depois pude reler com mais tranquilidade e aí sim pude perceber toda a genialidade do autor e da história. Minha obra preferida dele é O Alienista e também gosto muito de Dom Casmurro.

    ResponderExcluir
  6. Oi Fê
    Que post mais lindo! Adorei sua homenagem a este grande escritor!
    Não conhecia os detalhes da sua vida e acho esta pesquisa sensacional.
    Li poucos livros dele, na época da escola e quero ler mais
    Fiquei animada com seu post
    Bjks mil

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo