01 maio 2018

[Resenha] A Mansão da Colina

A MANSÃO DA COLINA - Uma história Sobrenatural

Autor: Marcello Fierro | Ano: 2017 | Páginas: 322
Editora: Scortecci | Adicionar ao Skoob



Oiee!!!

Hoje venho com a resenha de A Mansão da Colina, do autor Marcello Fierro. Livro lido em parceria com a Editora Scortecci.

"Certas histórias precisam ser contadas...Para só depois poderem ser esquecidas!"

Nossa história tem início na Bulgária no ano de 1730 e nosso personagem aqui é o pequeno Nikolaus, de apenas cinco anos. 

Nik, como é carinhosamente chamado, apesar de tão tenra idade, era uma criança amedrontada, sempre sentindo uma sensação de abandono e desespero. Seu único amigo e companhia era Demétrius, que apesar de mais velho, era uma criança também.


"O ser humano é a soma de todas as verdades que carrega! E se torna o culpado por todas aquelas que oculta."

Demétrius fazia de tudo para que seu amiguinho se sentisse o melhor possível, entretendo-o com brincadeiras e procurando deixá-lo longe de seus medos. 



E os dias, ou melhor, as noites se passavam assim. Demétrius cuidava do amigo e esperava a hora que eles fossem libertados dessa prisão na qual se encontravam.

Na verdade, os dois garotos, eram crianças já mortas e viviam aprisionados naquela mansão por muitos anos, refém de segredos obscuros de um passado nada bom.

"O que aquele nobre espírito não compreendia ainda, por tanto condenar-se era, que os mesmo laços que uniam as crianças àquele lugar também os atavam à sua culpa... E a culpa é um nó difícil de desfazer enquanto ainda acreditamos que precisamos de perdão!"

Até que, os irmãos B. Beaudouin, herdeiros da mansão da colina chegam para passar uns dias. Audrey, Aymé e Abelle são órfãos e vivem com sua Baba Agnis.

Não demora muito para perceberem que há algo errado na mansão. Principalmente Abelle é a que mais sente e logo decidem investigar o que há por trás da história de seus antepassados. 

Em uma narrativa eletrizante o autor nos transporta para um mundo sobrenatural repleto de mistérios e segredos, o que nos segura do início ao fim da história. A escrita é instigante e flui muito bem, eu li em poucas horas, pois queria saber o que havia por detrás de tudo, além do tema, que é um dos meus favoritos.

Os personagens são únicos e muito bem construídos, além de cativantes e por vezes, alguns são enigmáticos também. 



Além do sobrenatural, que é o forte da trama, o livro nos traz uma mensagem linda de amizade e cuidados com aqueles que amamos. É bastante bonita a união dos dois garotinhos que perdura por vidas.

"- Às vezes, o céu está bem acima de nós, às vezes, nós o carregamos!"

A primeira coisa que me chamou a atenção na escolha do livro foi o gênero e fui surpreendida por um novo autor que ainda não conhecia. Gostei demais da leitura, da dosagem dos acontecimentos e pelo final que mexeu muito comigo.

A edição pela Editora Scortecci está muito bem feita e eu amei a capa que tem tudo com a história, com esse ar sombrio.

Indico para todos que curtem histórias sobrenaturais, com uma pitada linda de amizade e dedicação e, principalmente, uma ótima leitura nacional.

"Amigos nunca abandonam amigos."




Um comentário:

  1. Oi Fê
    Gosto muito dos livros da Scortecci! São edições caprichadas e com títulos muito interessantes
    Não conhecia este livro ainda e fiquei bem curiosa, apesar de ser bem medrosa...rs
    Adorei as fotos e já coloquei na minha lista
    Beijos

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo