06 março 2018

[Especial Literário] Gabriel Garcia Márquez

Olá, leitores!!

O Especial Literário de hoje é sobre o escritor Gabriel Garcia Márquez, que estaria completando 91 anos.



Gabriel José Garcia Márquez  ou simplesmente Gabo, foi um importante escritor de contos, novelista, jornalista e ativista político colombiano. Nasceu em 6 de marco de 1927, no município de Aracataca e faleceu em 17 de abril de 2014, aos 87 anos, na Cidade do México.

É considerado pela crítica literária mundial como sendo um dos mais importantes escritores do século XX. Em 1982, ganhou o Prêmio Nobel de Literatura, pelo conjunto de sua obra. A obra mais popular de Garcia Márquez é "Cem anos de solidão", onde o autor mistura o épico com o realismo fantástico.

Cada linha de Cem Anos de Solidão tem o ponto de partida na realidade. Eu forneço uma lente de aumento para os leitores entendê-la.


Entre seus títulos mais conhecidos estão ainda "A incrível e triste história de Cândida Eréndira e sua avó desalmada", "O outono do patriarca", "Crônica de uma morte anunciada", "O amor nos tempos do cólera", "Do amor e outros demônios" e "Memórias de minhas putas tristes".




O escritor é considerado o principal representante da literatura hispânica e deixou uma extensa biografia, que inclui romances, contos e crônicas, obras que influenciaram a escrita de ficção, em especial entre os anos de 1960 e 1970, onde deu-se início ao realismo mágico na literatura latino-americana.

Tinham vivido juntos o suficiente para perceber que o amor era o amor em qualquer tempo e em qualquer parte, mas tanto mais denso ficava quanto mais perto da morte.

Gabo é um dos meus autores favoritos, que eu admiro e muito sua obra. Recomendo para para todos!

Beijos e até a próxima!



7 comentários:

  1. É um mestre realmente, uma referência de boa literatura. Pretendo ler mais obras dele, é o tipo de leitura que engrandece a alma.

    ResponderExcluir
  2. Oi Fê!
    Tô aqui tentando achar explicação razoável para eu não ter lido nenhum dos livros do Garcia até hoje e não tem, só falta de vergonha na cara mesmo! ahaha
    Tem mais de um dele na lista que desejo ler, mas agora quero dica de quem ama, qual deles você sugere que eu devesse começar a leitura para conhecer o autor?
    Adorei o post em homenagem! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Rê
      Acho que uma obra para dar início seria Ninguém Escreve ao Coronel, que é uma história bem curta e memorável, uma outra que também poderia ser é Crônica de uma morte anunciada. Leia e me fala!
      bjs

      Excluir
  3. Gosto imenso desse autor e aprendi com ele que é possível uma cidade para posicionar os personagens e se desprender completamente da realidade. Tinha lido 'cem anos de solidão' ainda na juventude e voltei a ele durante a feitura de lua de papel, meu primeiro livro.
    Aprendi muito com esse signore, suas personagens e histórias. A maneira como as linhas se apressam aos olhos. ai ai ai.
    Grande homem-personagem-pessoa-autor.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Lunna!!
      Concordo plenamente, grande homem-personagem-pessoa-autor.

      Excluir
  4. Eu adorei esta homenagem, Fê!
    Eu AMO a escrita do Gabo.
    Meu livro preferido é Amor nos tempos do cólera.
    Bjs

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo