28 fevereiro 2018

[Resenha] Tartarugas até lá Embaixo

TARTARUGAS ATÉ LÁ EMBAIXO

Autor: John Green | Ano: 2017 | Páginas: 256
Editora: Intrínseca | Adicionar ao Skoob




Olá!!!

Eu não posso dizer que sou fã de John Green, pois somente li A Culpa é das Estrelas de sua autoria e, me perdoem, não considerei uma leitura favorita. Por isso, quando sentei para ler Tartarugas até lá Embaixo, foi de forma bastante despretensiosa e fui surpreendida. Simplesmente adorei!

Na história somos apresentados a Aza Holmes, uma garota de 16 anos, que decide investigar o desaparecimento de um milionário junto com sua melhor amiga Daisy, a recompensa seria de 100 mil dólares. Esse é o começo do livro, mas não se enganem ao pensar que a história irá gira em torno dessa busca e pronto. Não, o ponto principal, de toda trama, vai mais a fundo, Aza sofre de TOC (transtorno obsessivo compulsivo).

“Eu estava começando a entender que a vida é uma história que contam sobre nós, não uma história que escolhemos contar.”


Para aqueles que não sabem, o próprio John sofre de TOC e considerei o livro, um abraço do autor aos seus leitores. John escreve de coração aberto, o que torna o livro mais incrível ainda. Nada melhor que alguém que entende e passa pela situação para nos dar uma visão tão clara das coisas.



O TOC é um transtorno mental e se caracteriza pela presença de diversas obsessões, que podem ser pensamentos ou mesmo imagens indesejáveis que tomam conta da mente da pessoa, obrigando-a a realizar ações das mais diversas para se livrar dessas “possíveis ameaças” e, isso gera um quadro de enorme ansiedade.

"O verdadeiro terror não é ter medo, é não ter escolha senão senti-lo."

Aza, nossa protagonista, tenta da melhor forma possível passar pelas turbulências da idade, conciliar a perda precoce do pai falecido e o relacionamento com sua mãe, e ainda lutar com esses fantasmas de espirais de pensamentos invasivos que a atormentam quase que o tempo todo.

"Você dá muito poder aos seus pensamentos, Aza. Pensamentos são só pensamentos. Eles não são você. Você pertence a si mesma, mesmo quando seus pensamentos não pertencem a você."

Ainda dentro da trama, durante a busca pelo milionário, Aza desenvolve uma amizade com Davis, filho do desaparecido. Não é muito fácil para ela esse relacionamento, já que Aza tem enorme dificuldade de se relacionar com outras pessoas. Nessas partes do livro conseguimos ter uma noção muito clara dos sentimentos e angústias que convivem com aqueles que sofrem de TOC. 

"No fundo ninguém entende o que se passa com o outro. Está todo mundo preso dentro de si mesmo.”

Porém, apesar de todo peso do tema, John nos envolve com uma escrita fluída e leve, dando um tom cômico também durante a leitura, isso através da personagem Daisy, que é bastante carismática e é daquelas amigas que fazem de tudo para que a amizade dê certo. 



Outro ponto que quero destacar é que a história é cheia de elementos de cultura pop. Star Wars, Star Trek e filmes são citados durante a trama, o que deixa o leitor mais à vontade ainda dentro do ambiente. Ahhh, sem contar que a explicação para o título do livro tem justamente relação com com um dos maiores autores da fantasia da atualidade (mas, paro por aqui hehehe).

"Você escolhe seus finais, e seus começos. Você pode escolher a moldura. Talvez você não escolha o que está na foto, mas você decide a moldura."

Enfim, o livro entrou para minha lista de favoritos de 2018, ainda mais por ser tratar de algo tão pessoal do autor e a forma como John passou isso para seus leitores.

Nos agradecimentos ele fala de sua terapeuta e também nos deixa uma mensagem: “Pode ser um caminho longo e difícil, mas os transtornos mentais são tratáveis. Há esperança, mesmo que seu cérebro lhe diga que não.”

Tartarugas até lá Embaixo é uma história extremamente sensível e necessária, de como compreender o próximo!




14 comentários:

  1. Fê, AMEI seu post!
    Comecei a ler este livro e ainda estou bem no comecinho.
    Confesso que estava com um "pé atrás", pois também não sou super fã da escrita do Green.
    Adorei saber mais detalhes sobre esta trama e sobre o autor.
    A capa é linda e adorei as fotos
    Depois que terminar te conto
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Já vi várias resenhas positivas sobre esse livro e me interessei ainda mais em lê-lo!
    Amei sua resenha!


    Inclusive, coloquei seu post no Links do Mês lá no blog <3

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir
  3. Oi Fê. Adorei a resenha! Eu que já estava louca parapler esse livro, agora estou ainda mais. Beijos.
    Versos da Alma

    ResponderExcluir
  4. Oiie Fe. Amei sua resenha. Eu realmente não pretendo ler John Green tão cedo. Apesar disso, o livro parece ser bem interessante. O fato do autor ter TOC e passar uma mensagem para os leitores é lindo.
    Amei.
    Beijos.
    Blog: fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Eu tô doidinha pra ler esse livro! Mas eu amei demais a culpa é das estrelas!!!
    Acho a escrita do autor super tocante, ele consegue narrar de uma forma que nos vemos nos personagens!
    Feliz que dessa vez vc curtiu :)

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Ei! Tudo bem?

    Quero muito ler esse livro, pois sou #teamgreen Amo (quase) tudo que o autor escreve, então saber que Tartarugas é uma parte muito grande de quem ele é, me deixa muito empolgada. Amei sua resenha, me deixou com tanta vontade de ler que quero comprar o livro rsrs

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá , não sabia do que esse livro se tratava. Acho tão legal quando o autor aborda um tema que é pouco discutido como o TOC. Nos leva a refletir sobre tanta coisa né. Acho a escrita desse autor sensacional, já li A Culpa é das Estrelas e amei. Com certeza lerei esse também , ainda mais por trazer na escrita elementos geek, bjus e um bom domingo.

    ResponderExcluir
  8. Oi Fê!!!
    Super amei a resenha. Parece ser um livro incrível, adorei a temática tratada, o fato do autor compartilhar sua própria experiência através de sua personagem, o lado cômico, o fato de utilizar elementos da cultura pop...nossa fiquei impressionada e já fiquei com vontade de ler esse livro. Ainda não li nada de John Green, na verdade esse mês pretendo ler A Culpa é das Estrelas e vejo que é um livro que possui opiniões bem divergentes, então vou ver no que vai dar né hahaha mas vou colocar esse na lista de futuras leituras. Adorei!!!

    Bjokas da Elo!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu olhei pra esse livro e pensei pensando se gostaria de lê-lo, achei o nome do livro diferente e fiquei curiosa, e fiquei ainda mais agora lendo a sua resenha rs, mas como achei A Culpa das Estrelas meio assim, assim sem gracinha rs não coloquei esse na minha lista. Mas sua resenha me deixou com vontade de ler então vou colocar ele na lista de 2018 :)

    ResponderExcluir
  10. Eu estou com muita vontade de ler esse livro e também não favoritei a Culpa é das estrelas, apesar de ser um livro legal. Mas também não me desanimou ler o JG. Espero curtir tanto a leitura como você. Beijos ~ Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca li nada do John Green, na verdade só conheço dele o "A culpa é das estrelas", que não tem uma história que me desperte interesse, então não li e nem pretendo ler. Mas esse livro me chamou atenção pela questão dos transtornos mentais, um tema que muito me interessa. Não garanto que vou ler porque ainda está bem longe do meu tipo de leitura preferido, mas vou pensar com carinho.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Amei a seu Resenha. Eu já li alguns livros do John Green e posso dizer que tartarugas até lá embaixo é o melhor de todos eles. Amei muito esse livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá, eu amei a culpa é das estrelas, mais não tenho vontade nenhuma de ler outros livros desse autor. Mais gostei da resenha me deixou um pouco curiosa para realizar a leitura

    ResponderExcluir
  14. Os outros livros do John Green que li achei um pouco adolescente, esse parece ser diferente e mais interessante. Sua resenha me deu um ânimo para ler. Está na lista para ler, espero gostar.

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo