07 novembro 2017

[Resenha] O Circo Mecânico Tresaulti


O CIRCO MECÂNICO TRESAULTI
Autora: Genevieve Valentine
Editora: DarkSide Books
Ano: 2016
Páginas: 320
Skoob


SinopseRespeitável público, o Circo voltou!Num mundo pós-apocalíptico, onde as pessoas não tem mais acesso à tecnologias de ponta, uma caravana circense leva esperança por onde passa. Os artistas são sobreviventes de guerra, que tiveram seus corpos mutilados reconstruídos com complexas estruturas mecânicas.



Em um mundo devastado pela guerra, onde as pessoas tentam viver como podem, em meio a todo abalo, há ainda uma distração: O Circo Mecânico Tresaulti que está muito longe de ser um circo comum.

Formado por ex-soldados, refugiados e pessoas feridas, o circo segue sob o comando forte de Boss. A líder do circo tem uma habilidade muito especial, ela recupera os corpos maltratados pela guerra em seres mecânicos. Reconstruídos com peças de cobres ou outros materiais, são transformados em seres quase imortais e com uma aparência totalmente inusitada.



Boss proporciona uma oportunidade de recomeço aos sobreviventes de um mundo caótico. A trupe com habilidades especiais leva encanto ao público, o que desperta o interesse dos “poderosos”. 

Um ponto que destaco é que, por ser uma obra distópica, há fortes críticas sociais. Na narrativa há um personagem designado como “homem do governo”, que representa e retrata a opressão social. Vê no circo uma ameaça, pelo simples fato de romper barreiras de uma vida vazia e levar distração, alegria e sentimentos há muito tempo reprimidos. 

“Um circo sempre encontra um lar; todos querem um espetáculo.” 

A narrativa segue um estilo não linear, alternando entre o passado e o presente e a narração entre narrador observador e narrador personagem. Essa alternância me deixou um pouco confusa no começo, mas depois você acaba acostumando com o decorrer da leitura, com o interesse que a história desperta e a empatia que criamos com os personagens.



Fiquei maravilhada com a autora, tamanha criatividade e perspicácia. A escrita de Genevieve é muito peculiar e original. Um convite a reflexão sobre a existência humana em seu aspecto mais primitivo e a luta pela sobrevivência. 

“Havia sempre lágrimas de alegria; um homem tão lindamente unido com uma máquina era algo que as pessoas precisavam ver depois de uma guerra com a qual haviam passado.” 

E essa nova edição da Darkside, o que falar? Maravilhosa! Fiquei apaixonada. Em capa dura com detalhes em relevo e belas ilustrações foram feitas pelo brasileiro Wesley Rodrigues. As folhas são grossas com uma textura muito agradável ao tato. Realmente uma edição ímpar.


Recomendo para todos que curtem uma boa distopia!

Beijos e até a próxima!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo