30 outubro 2017

[Especial do Terror] Psicose




Olá pessoal!!!



Dentro do mês do terror não poderíamos deixar de falar de um clássico muito marcante no tema, como é o caso de Psicose.

Mesmo os não amantes do terror já devem ter ouvido falar de Psicose e Alfred Hitchcock, pois é, o filme sempre vem associado à ele, mas na verdade, Hitchcock, não é responsável pelo roteiro e sim pela direção do clássico que foi adaptado de um livro.

Obra de Robert Bloch, considerado um precursor do horror, foi lançado em 1959 e, apenas um ano depois saiu o filme.

Na história, Marion Crane trabalha como secretária de uma imobiliária e, com a tarefa de depositar uma alta quantia na conta de um cliente, cai em tentação e foge com todo o dinheiro. Na fuga, cansada, Marion se hospeda no Bates Motel, um hotel solitário e decadente.


O hotel tem como dono Norman Bates, um homem aparentemente simpático e tímido, que vive com a mãe. É ai que começa a história, sinistra e cheia de reviravoltas.



O livro foi baseado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. Um assassino solitário, que vivia em uma localidade rural isolada e teve uma mãe dominadora, para quem construiu um santuário.

Psicose realmente é um clássico no gênero terror com uma trama aterrorizante e foi relançado no Brasil em 2013, pela editora DarkSide, que presenteou os fãs com duas belíssimas edições da obra. Uma versão classic edition (brochura) e outra limited edition (capa dura).



Sem contar a série produzida pela Universal Television, um prólogo contemporâneo de Psicose, estrelado por Freddie Highmore como Norman Bates e Vera Farmiga como Norma Louise Bates, a mãe.



Dentre as curiosidades sobre Psicose, cada um dos personagens tem sua história anterior, o que dá um ponto a mais a todo suspense que ronda a trama.

E a trilha sonora então? Quem nunca ouviu o terrível e assustador som que indica a aproximação do assassino?

Enfim, o filme é ótimo, o livro melhor ainda. Forte, impactante, cheio de suspense e com uma profunda dissecação da personalidade humana.

Se ainda não conhece, não perca mais tempo!

"Não podia ouvir nada além do barulho da água, e o banheiro começou a se encher de vapor. Foi por isso que não percebeu a porta abrir, nem o som de passos. Logo as cortinas do chuveiro se abriram, o vapor obscureceu o rosto... Mary começou a gritar. A cortina se abriu mais e uma mão apareceu, empunhando uma faca de açougueiro. E foi a faca que, no momento seguinte, cortou o seu grito."



                                   Psicose ( Filme) - GIFMANIA


E vocês? Já assistiram ou leram o livro? Conte para mim?

Beijos,



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo