28 junho 2017

[Resenha] A Menor Mulher do Mundo


Conto: A Menor Mulher do Mundo
Autora: Clarice Lispector

Oie!

Hoje é dia do Desafio Literário Clarice-se do qual eu participo. E a resenha de junho é sobre o conto A Menor Mulher do Mundo.

O conto retrata a descoberta feita pelo explorador Marcel Petre, da menor mulher do mundo, no Congo Central. Pequena Flor possui apenas 45 centímetros.


“como uma caixa dentro de uma caixa, dentro de uma caixa”, ele se depara com o menor do menor, a menor mulher do mundo, resultado da “necessidade [que] a Natureza tem de exceder a si própria”.

A narrativa, em terceira pessoa, inicia-se falando um pouco de como vive a pigmeia. Em sua árvore e com seu concubino, bem no alto, para evitarem de serem devorados por um bando rival. E Pequena Flor está grávida.

Aparentemente o leitor pensa encontrar um conto comum, mas Clarice sempre fala além das palavras.

O conto é um texto lindo e um dos meus favoritos da autora, pois é bastante revelador da alma humana, mais precisamente das partes perversas. 

Pequena Flor, logo vira notícia e o alvoroço começa entre as pessoas. Nesse ponto fica claro a crítica em relação ao confronto de raças. A questão racial e as diferenças são colocadas à prova.

De um lado, a população "civilizada" - alta e bonita, e de outro, a pigmeia - negra e diminuta. Alguns chegam a falar de Pequena Flor como um objeto de distração e divertimento, como se fosse uma boneca de entretenimento. Ela é um ser diferente.

Mas, apesar de tudo, que parece ser a pior coisa, Pequena Flor é feliz. Feliz em sua diferença, em sua árvore, com seu marido e a espera de um filho.

Felicidade incomoda! E Clarice mais uma vez nos faz refletir dentro de nós mesmo!


"pois olhe, eu só lhe digo uma coisa: Deus sabe o que faz..."



Venha participar desse projeto e espalhar a literatura brasileira!

Até o próximo conto!




2 comentários:

  1. Ai Clarice é só amor! Esse projeto deve ser incríveeeel!!! Por um mundo com mais 'Carice-se's'!! ehehe
    Eu ainda não li esse conto dela, comprei recentemente o Ebook do 'Todos os Contos' e tô programando a leitura, porque amo Clarice!!! <3
    Adorei saber mais sobre a história desse conto e o tema que ela aborda! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Clarice Lispector realmente fala além das palavras. Por mais que seus contos parecem simples a primeira vista, sempre conseguimos ver algo mais. Gostei muito da maneira como você detalhou e trouxe o conto para os leitores. É verdade, as vezes a felicidade incomoda as pessoas. Mas fazer o que? Continuar sendo felizes né rs Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo